A Finlândia não está prestes a tornar o cristianismo ilegal

No dia 23 de fevereiro de 2020, o site Conexão Política publicou uma matéria com o título “A Finlândia está prestes a tornar o cristianismo ilegal? Parlamentar cristã enfrenta multas e prisão”. A publicação é uma tradução da matéria “Is Finland About to Make Christianity Illegal? Christian Lawmaker Facing Fines and Prison”, publicada no site CBN News, no dia 18 de fevereiro de 2020. A notícia foi altamente compartilhada por sites evangélicos, páginas no Facebook e grupos no Whatsapp.

O conteúdo da notícia faz referência às investigações que a parlamentar finlandesa Päivi Räsänen, do Partido Democrata Cristão, está sofrendo. Indicando que há uma perseguição, por parte do governo finlandês, ao posicionamento religioso da parlamentar. 

O POSICIONAMENTO DE PÄIVI RÄSÄNEN

Em junho de 2019, ocorreu a Helsinki Pride 2019, a Parada pelo Orgulho LGBTI+ da cidade de Helsinki, capital da Finlândia. O evento cultural apoiou a luta pelos direitos humanos de minorias sexuais e de gênero e recebeu suporte da Igreja Evangélica Luterana da Finlândia, frequentada por Räsänen e liderada por seu marido, que é pastor.

No mesmo mês a parlamentar publicou uma nota no Facebook e no Twitter criticando o posicionamento da igreja em apoiar a marcha e descrevendo o relacionamento entre pessoas de mesmo sexo como uma prática vergonhosa e pecaminosa. Também utilizou uma imagem dos versículos 24 a 27 do livro Romanos, que compõe a Bíblia.

“A igreja da qual faço parte anunciou que é parceira oficial da Helsinki Pride 2019. Como a doutrina fundamental da igreja, a Bíblia, pode ser compatível com levantar algo vergonhoso e pecaminoso como motivo de orgulho?”, escreveu.

INVESTIGAÇÃO POLICIAL

Segundo o Fox News, a publicação de Päivi Räsänen causou comoção pública, gerando uma investigação policial contra crime de ódio.

No dia 13 de agosto de 2019, Räsänen escreveu: “De minha parte não estou preocupada, pois acredito que isso não irá para a promotoria, no entanto, estou preocupada se a citação da Bíblia é considerada até um pouco ilegal. Espero que isso não leve à autocensura entre os cristãos. ROM. 1: 24-27 “.

Já em 23 de agosto de 2019, Räsänen faz nova postagem: “Para minha surpresa, a investigação começou. Tudo o que a Igreja deve aprender deve ser avaliado à luz da Bíblia. Como essa visão cristã clássica poderia ser um crime?”

A Igreja Evangélica Luterana da Finlândia respondeu em seu perfil oficial no Twitter que a decisão de apoiar a marcha pelo Orgulho LGBTI+ foi uma decisão tomada pelo Conselho Executivo da igreja. “O arcebispo também está por trás da decisão”, afirmou a denominação.

Em 19 de junho de 2019, mês da Parada pelo Orgulho LGBTI+, o arcebispo Luoma também publicou uma carta aberta em resposta à parlamentar, onde explica o parecer da direção da igreja em apoiar a marcha:

“Esta não é uma declaração sobre a lei do Casamento, mas de que a mensagem da Igreja pertence a todos. No relatório de casamento de 2016, a assembleia episcopal declarou que a igreja é para todos e que casais do mesmo sexo são bem-vindos a participar de todas as atividades da igreja. A decisão (de apoiar a marcha do Orgulho LGBTI+) pretendia implementar esse princípio.

Concordo com você no fato de que, finalmente, a questão é sobre o conceito da Bíblia. Eu gostaria que a Bíblia fosse mais conhecida, lida e compreendida. A Bíblia nos diz que, como Deus que se fez homem, Jesus é o Senhor. Também precisamos segui-Lo quando nos encontramos.

Nossa Igreja tem muitas expectativas, algumas das quais são cumpridas, outras são decepcionadas. À luz delas, é importante lembrar que a Igreja nunca é perfeita porque é composta de pessoas imperfeitas. Com suas falhas e deficiências, é uma comunidade na qual nós pecadores confiamos na graça e no amor de Deus. Espero que nossa igreja possa continuar a ser um lar espiritual para tantas pessoas quanto possível, incluindo você.”

SOBRE A PARLAMENTAR

Päivi Räsänen é médica e parlamentar do distrito eleitoral de Häme desde 1995. Atuou como presidente do Partido Democrata Cristão da Finlândia entre 2011 e 2015, é casada com Niilo Räsänen, pastor da Igreja Evangélica Luterana da Finlândia.

A parlamentar é conhecida por defender os pontos de vista conservadores sobre aborto, eutanásia, educação sexual e casamento. Desde que entrou para a política tem levantado posições contra o casamento homoafetivo, adoção por casais de mesmo sexo e contra o direito de casais de mulheres ou mulheres solteiras realizarem inseminação artificial. Em 2004 escreveu uma cartilha contra a homossexualidade para a Fundação Luther: “Ele os criou, homem e mulher – a homossexualidade desafia o conceito cristão de homem”.

A FINLÂNDIA E A RELIGIÃO

O relatório de 2018 da ACN (Aid to the Church in Need) concluiu que 79,7% da população finlandesa é cristã; 17,4% são agnósticos; 2% são ateus e 0,9% possuem outras crenças.

No entanto, de acordo com o jornal Evangelical Focus , 69% dos finlandeses também fazem parte da IELF, mas há uma queda de 1% a 2% no número de membros por ano.

A Constituição garante a liberdade religiosa e de consciência, que inclui o direito a professar e praticar uma religião, expressar as próprias crenças e pertencer ou não a uma comunidade religiosa. Proíbe igualmente a discriminação baseada na religião.

Além disso, a Lei da Liberdade Religiosa regulamenta o reconhecimento das comunidades religiosas, com possibilidade de receber fundos públicos. As comunidades religiosas reconhecidas incluem a Igreja Luterana Evangélica da Finlândia, a Igreja Ortodoxa da Finlândia e outras comunidades, como a Igreja Católica, as Testemunhas de Jeová, a Igreja Evangélica Livre e os Adventistas do Sétimo Dia. A religião pode ser praticada sem registro junto das autoridades estatais.

CONCLUSÃO

O Coletivo Bereia conclui, após apuração dos fatos, que a parlamentar finlandesa não está sob investigação por ser cristã, mas por discriminar a população LGBT+, utilizando a religião para ferir a constituição do próprio país.

Com isso, o título e o conteúdo da reportagem no site Conexão Política são enganosos. Visando audiência, geram sensacionalismo.

Referências de Checagem:

A Finlândia está prestes a tornar o cristianismo ilegal? Parlamentar cristã enfrenta multas e prisão. Conexão Política, por Thaís Garcia, acessado em 03/03/2020. Disponível em https://conexaopolitica.com.br/mundo/a-finlandia-esta-prestes-a-tornar-o-cristianismo-ilegal-parlamentar-crista-enfrenta-multas-e-prisao/?fbclid=IwAR0JbrMDWAjaV9qx0XdxK2JxO6IMjZ4AAWZH1zWKbcXRUeDfySHkbEuOl8g

Is Finland About to Make Christianity Illegal? Christian Lawmaker Facing Fines and Prison. CBN News, acessado em 03/03/2020. Disponível em https://www1.cbn.com/cbnnews/world/2020/february/historically-christian-finland-threatens-to-fine-imprison-believers-who-speak-out-on-matters-of-faith

Päivi Räsänen kirkon Pride-yhteistyöstä: ”Häpeä ja synti nostetaan ylpeyden aiheeksi”. Ilta Sanomat. Disponível em: https://www.is.fi/kotimaa/art-2000006146532.html

 Arkkipiispa Luoma vastaa Päivi Räsäsen kirjeeseen (O arcebispo Luoma responde à carta de Päivi Räsänen). Igreja Evangélica Luterana da Finlândia. Disponível em: https://evl.fi/uutishuone/tiedotearkisto/-/items/item/27801/Arkkipiispa+Luoma+vastaa+Paivi+Rasasen+kirjeeseen#9ce36705

Relatório da Aid to the Church in Need (2018), acessado em 03/03/2020. Disponível em https://www.acn.org.br/finlandia/

Finland’s Constitution of 1999 with Amendments through 2011, capítulo 2, seção 11, constituteproject.org, acessado em 03/03/2020. Disponível em https://www.constituteproject.org/constitution/Finland_2011.pdf?lang=en

Freedom of Religion, Religious Affairs, Ministério da Educação e Cultura, acessado em 03/03/2020. Disponível em https://minedu.fi/en/freedom-of-religion

Finnish Christian MP under incitement investigation for quoting the New Testament, por Samuli Siikavirta, acessado em 03/03/2020. Disponível em http://evangelicalfocus.com/europe/4715/Finnish_Christian_MP_under_incitement_investigation_for_quoting_the_New_Testament

Finnish politician under ‘hate crime investigation’ for sharing Bible verse on Facebook, por Caleb Parke, acessado em 03/03/2020. Disponível em https://www.foxnews.com/world/bible-verse-lgbt-hate-crime-investigation

One Reply to “A Finlândia não está prestes a tornar o cristianismo ilegal”

  1. Avatar

    Que a paz de Cristo esteja com todos
    O disfarce de que a parlamentar está sendo processada por discriminar LBTICDEFGH, nada mais é que a ação de Satanás.
    Estamos pouco a pouco sendo vedados em expor nossa crença e fé fundamentada na Palavra de Deus.
    A Biblia pode ser considerada um livro homofóbico pois condena a prática homossexual seja de homem ou mulher.
    Ela trata a prática como abominação para Deus.
    Mas se um servo ou serva de Deus traz esse conteúdo à luz, é chamado de homofóbico.
    Lamentável, mas concluímos que o fim está próximo. Jesus está voltando.
    Og Souza – advogbsbdf@gmail.com

Comments are closed.