A Finlândia não está prestes a tornar o cristianismo ilegal

No dia 23 de fevereiro de 2020, o site Conexão Política publicou uma matéria com o título “A Finlândia está prestes a tornar o cristianismo ilegal? Parlamentar cristã enfrenta multas e prisão”. A publicação é uma tradução da matéria “Is Finland About to Make Christianity Illegal? Christian Lawmaker Facing Fines and Prison”, publicada no site CBN News, no dia 18 de fevereiro de 2020. A notícia foi altamente compartilhada por sites evangélicos, páginas no Facebook e grupos no Whatsapp.

O conteúdo da notícia faz referência às investigações que a parlamentar finlandesa Päivi Räsänen, do Partido Democrata Cristão, está sofrendo. Indicando que há uma perseguição, por parte do governo finlandês, ao posicionamento religioso da parlamentar. 

O POSICIONAMENTO DE PÄIVI RÄSÄNEN

Em junho de 2019, ocorreu a Helsinki Pride 2019, a Parada pelo Orgulho LGBTI+ da cidade de Helsinki, capital da Finlândia. O evento cultural apoiou a luta pelos direitos humanos de minorias sexuais e de gênero e recebeu suporte da Igreja Evangélica Luterana da Finlândia, frequentada por Räsänen e liderada por seu marido, que é pastor.

No mesmo mês a parlamentar publicou uma nota no Facebook e no Twitter criticando o posicionamento da igreja em apoiar a marcha e descrevendo o relacionamento entre pessoas de mesmo sexo como uma prática vergonhosa e pecaminosa. Também utilizou uma imagem dos versículos 24 a 27 do livro Romanos, que compõe a Bíblia.

“A igreja da qual faço parte anunciou que é parceira oficial da Helsinki Pride 2019. Como a doutrina fundamental da igreja, a Bíblia, pode ser compatível com levantar algo vergonhoso e pecaminoso como motivo de orgulho?”, escreveu.

INVESTIGAÇÃO POLICIAL

Segundo o Fox News, a publicação de Päivi Räsänen causou comoção pública, gerando uma investigação policial contra crime de ódio.

No dia 13 de agosto de 2019, Räsänen escreveu: “De minha parte não estou preocupada, pois acredito que isso não irá para a promotoria, no entanto, estou preocupada se a citação da Bíblia é considerada até um pouco ilegal. Espero que isso não leve à autocensura entre os cristãos. ROM. 1: 24-27 “.

Já em 23 de agosto de 2019, Räsänen faz nova postagem: “Para minha surpresa, a investigação começou. Tudo o que a Igreja deve aprender deve ser avaliado à luz da Bíblia. Como essa visão cristã clássica poderia ser um crime?”

A Igreja Evangélica Luterana da Finlândia respondeu em seu perfil oficial no Twitter que a decisão de apoiar a marcha pelo Orgulho LGBTI+ foi uma decisão tomada pelo Conselho Executivo da igreja. “O arcebispo também está por trás da decisão”, afirmou a denominação.

Em 19 de junho de 2019, mês da Parada pelo Orgulho LGBTI+, o arcebispo Luoma também publicou uma carta aberta em resposta à parlamentar, onde explica o parecer da direção da igreja em apoiar a marcha:

“Esta não é uma declaração sobre a lei do Casamento, mas de que a mensagem da Igreja pertence a todos. No relatório de casamento de 2016, a assembleia episcopal declarou que a igreja é para todos e que casais do mesmo sexo são bem-vindos a participar de todas as atividades da igreja. A decisão (de apoiar a marcha do Orgulho LGBTI+) pretendia implementar esse princípio.

Concordo com você no fato de que, finalmente, a questão é sobre o conceito da Bíblia. Eu gostaria que a Bíblia fosse mais conhecida, lida e compreendida. A Bíblia nos diz que, como Deus que se fez homem, Jesus é o Senhor. Também precisamos segui-Lo quando nos encontramos.

Nossa Igreja tem muitas expectativas, algumas das quais são cumpridas, outras são decepcionadas. À luz delas, é importante lembrar que a Igreja nunca é perfeita porque é composta de pessoas imperfeitas. Com suas falhas e deficiências, é uma comunidade na qual nós pecadores confiamos na graça e no amor de Deus. Espero que nossa igreja possa continuar a ser um lar espiritual para tantas pessoas quanto possível, incluindo você.”

SOBRE A PARLAMENTAR

Päivi Räsänen é médica e parlamentar do distrito eleitoral de Häme desde 1995. Atuou como presidente do Partido Democrata Cristão da Finlândia entre 2011 e 2015, é casada com Niilo Räsänen, pastor da Igreja Evangélica Luterana da Finlândia.

A parlamentar é conhecida por defender os pontos de vista conservadores sobre aborto, eutanásia, educação sexual e casamento. Desde que entrou para a política tem levantado posições contra o casamento homoafetivo, adoção por casais de mesmo sexo e contra o direito de casais de mulheres ou mulheres solteiras realizarem inseminação artificial. Em 2004 escreveu uma cartilha contra a homossexualidade para a Fundação Luther: “Ele os criou, homem e mulher – a homossexualidade desafia o conceito cristão de homem”.

A FINLÂNDIA E A RELIGIÃO

O relatório de 2018 da ACN (Aid to the Church in Need) concluiu que 79,7% da população finlandesa é cristã; 17,4% são agnósticos; 2% são ateus e 0,9% possuem outras crenças.

No entanto, de acordo com o jornal Evangelical Focus , 69% dos finlandeses também fazem parte da IELF, mas há uma queda de 1% a 2% no número de membros por ano.

A Constituição garante a liberdade religiosa e de consciência, que inclui o direito a professar e praticar uma religião, expressar as próprias crenças e pertencer ou não a uma comunidade religiosa. Proíbe igualmente a discriminação baseada na religião.

Além disso, a Lei da Liberdade Religiosa regulamenta o reconhecimento das comunidades religiosas, com possibilidade de receber fundos públicos. As comunidades religiosas reconhecidas incluem a Igreja Luterana Evangélica da Finlândia, a Igreja Ortodoxa da Finlândia e outras comunidades, como a Igreja Católica, as Testemunhas de Jeová, a Igreja Evangélica Livre e os Adventistas do Sétimo Dia. A religião pode ser praticada sem registro junto das autoridades estatais.

CONCLUSÃO

O Coletivo Bereia conclui, após apuração dos fatos, que a parlamentar finlandesa não está sob investigação por ser cristã, mas por discriminar a população LGBT+, utilizando a religião para ferir a constituição do próprio país.

Com isso, o título e o conteúdo da reportagem no site Conexão Política são enganosos. Visando audiência, geram sensacionalismo.

Referências de Checagem:

A Finlândia está prestes a tornar o cristianismo ilegal? Parlamentar cristã enfrenta multas e prisão. Conexão Política, por Thaís Garcia, acessado em 03/03/2020. Disponível em https://conexaopolitica.com.br/mundo/a-finlandia-esta-prestes-a-tornar-o-cristianismo-ilegal-parlamentar-crista-enfrenta-multas-e-prisao/?fbclid=IwAR0JbrMDWAjaV9qx0XdxK2JxO6IMjZ4AAWZH1zWKbcXRUeDfySHkbEuOl8g

Is Finland About to Make Christianity Illegal? Christian Lawmaker Facing Fines and Prison. CBN News, acessado em 03/03/2020. Disponível em https://www1.cbn.com/cbnnews/world/2020/february/historically-christian-finland-threatens-to-fine-imprison-believers-who-speak-out-on-matters-of-faith

Päivi Räsänen kirkon Pride-yhteistyöstä: ”Häpeä ja synti nostetaan ylpeyden aiheeksi”. Ilta Sanomat. Disponível em: https://www.is.fi/kotimaa/art-2000006146532.html

 Arkkipiispa Luoma vastaa Päivi Räsäsen kirjeeseen (O arcebispo Luoma responde à carta de Päivi Räsänen). Igreja Evangélica Luterana da Finlândia. Disponível em: https://evl.fi/uutishuone/tiedotearkisto/-/items/item/27801/Arkkipiispa+Luoma+vastaa+Paivi+Rasasen+kirjeeseen#9ce36705

Relatório da Aid to the Church in Need (2018), acessado em 03/03/2020. Disponível em https://www.acn.org.br/finlandia/

Finland’s Constitution of 1999 with Amendments through 2011, capítulo 2, seção 11, constituteproject.org, acessado em 03/03/2020. Disponível em https://www.constituteproject.org/constitution/Finland_2011.pdf?lang=en

Freedom of Religion, Religious Affairs, Ministério da Educação e Cultura, acessado em 03/03/2020. Disponível em https://minedu.fi/en/freedom-of-religion

Finnish Christian MP under incitement investigation for quoting the New Testament, por Samuli Siikavirta, acessado em 03/03/2020. Disponível em http://evangelicalfocus.com/europe/4715/Finnish_Christian_MP_under_incitement_investigation_for_quoting_the_New_Testament

Finnish politician under ‘hate crime investigation’ for sharing Bible verse on Facebook, por Caleb Parke, acessado em 03/03/2020. Disponível em https://www.foxnews.com/world/bible-verse-lgbt-hate-crime-investigation

Esta classificação dos conteúdos por meio das etiquetas não é uma certificação da verdade, mas um guia para orientar a leitura crítica de notícias. O intuito é contribuir para que o/a leitor/a tenha acesso a uma maior pluralidade de pontos de vistas e, assim, amplie as alternativas possíveis de avaliação das informações que recebe diariamente nas mídias digitais.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

One Reply to “A Finlândia não está prestes a tornar o cristianismo ilegal”

  1. Avatar

    Que a paz de Cristo esteja com todos
    O disfarce de que a parlamentar está sendo processada por discriminar LBTICDEFGH, nada mais é que a ação de Satanás.
    Estamos pouco a pouco sendo vedados em expor nossa crença e fé fundamentada na Palavra de Deus.
    A Biblia pode ser considerada um livro homofóbico pois condena a prática homossexual seja de homem ou mulher.
    Ela trata a prática como abominação para Deus.
    Mas se um servo ou serva de Deus traz esse conteúdo à luz, é chamado de homofóbico.
    Lamentável, mas concluímos que o fim está próximo. Jesus está voltando.
    Og Souza – advogbsbdf@gmail.com

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *